Logo ATME flat site.png

ISO 50001

A NORMA PRETENDE INFLUENCIAR EMPRESAS PARA QUE ESTAS ALCANCEM UMA REDUÇÃO SIGNIFICATIVA DE CONSUMO DE ENERGIA (MAIS DE 60%).
PARA QUE SERVE?
A ISO 50001 é uma norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas, publicada em 15 de junho de 2011. Ela especifica requisitos para o estabelecimento, implementação, manutenção e melhoria do sistema de gestão da energia, cujo propósito é habilitar uma organização a seguir uma abordagem sistemática para a redução do consumo total de energia de um determinado espaço.
 
ISO 50001 NO BRASIL
No Brasil o setor industrial é o que mais procura a certificação no Sistema de Gestão de Energia. Isto acontece porque essas empresas necessitam de muita energia para os processos de fabricação aumentando o custo de produção. Um dos insumos mais críticos em uma empresa no Brasil é a energia. Além dos aspectos econômicos associados ao uso da energia, a temática energética também remete a relevantes impactos socioambientais vinculados ao esgotamento de recursos naturais e mudanças climáticas. A melhoria do desempenho energético de uma organização pode representar benefícios importantes por meio da racionalização do uso dos recursos energéticos e outras providências vinculadas à redução do consumo e aumento da eficiência.

 

CRITÉRIOS PARA CERTIFICAÇÃO
O método de implementação baseia-se no PDCA – Plan, Do, Check, Act (em português Planear, Fazer, Verifica Agir). A certificação exige das empresas:
• Desenvolver uma política para o uso mais eficiente da energia;
• Fixar metas e objetivos para atender a essa política;
• Criar e usar os dados internos para melhor compreender e tomar decisões sobre o uso de energia;
• Medir os resultados;
• Rever como a política funciona;
• Melhorar continuamente a gestão da energia.

 

VANTAGENS
• Redução de custos com energia;
• Melhor aproveitamento energético de todo o espaço ajudando as empresas a fazer melhor uso de seus ativos de consumo de energia existentes;
• Permite maior confiança por parte de potenciais clientes e parceiros e, garante a credibilidade mundial para a consciência da energia;
• Promove as melhores práticas de gestão de energia e reforça os bons comportamentos;
• Fornece uma estrutura para promover a eficiência energética ao longo da cadeia de abastecimento.
• Redução/diminuição de gases poluentes para a atmosfera;
• Permite a integração com outros sistemas de gestão organizacionais, tais como ambiental, saúde e segurança;
• Permite medir e monitorizar o uso de energia para identificar onde a eficiência pode ser melhorada;
• Pode ser implementada de forma independente;
• Cria transparência e facilita a comunicação sobre a gestão dos recursos energéticos.
• Auxilia instalações a avaliar e a priorizar a implementação de novas tecnologias de eficiência energética.

 

CUMPRIR OU NÃO CUMPRIR?
O cumprimento das normas técnicas é obrigatório para quem deseja entrar no mundo globalizado, o não cumprimento pode inviabilizar a exportação de produtos/serviços. Embora não sejam leis, as normas técnicas tem força obrigatória, a não observância das normas técnicas assume de imediato um risco. Assumir um risco significa que se está consciente de um resultado lesivo. O descumprimento da norma implica em: sanção; punição; perda; gravame. Podendo trazer consequências desde indenização até processo de homicídio culposo ou doloso.

 

SOLUÇÕES E PROCESSOS INTEGRADOS E INTELIGENTES
A ATME | ECO SOLUTIONS faz uso de tecnologia de ponta e processos bem definidos que resultam em melhor produtividade, gerenciamento, capacidade e eficiência em compliance com as exigências da ISO 50001. Atuamos principalmente no monitoramento de energia e redução do consumo de energia por torres de resfriamentos sem o uso de químicos.